Pular para o conteúdo principal

Formação de formadores de revisores

A importância da capacitação de revisores.

Dominar o método a ser aplicado para realizar revisões de textos satisfatórias é, se não, um pré-requisito, pelo menos um primeiro passo na formação de futuros treinadores de revisores.

É realmente essencial dominar o saber-fazer e ser capaz de ensiná-lo e transmiti-lo. No entanto, esses futuros formadores de revisores nem sempre são revisores profissionais que receberam instruções adequadas de metodologia do ensino. Este é mesmo muito raramente o caso; na maioria das vezes, são professores de português que desejam “evoluir” para professores de revisão. Por isso, é imprescindível conscientizá-los sobre o andamento da operação de revisão, mostrar a inadequação e a irrelevância da mera aplicação das regras da linguística aplicada e desenvolver, por fim, a abordagem didática da revisão profissional. Note-se que o método aplicado à execução da revisão de textos de natureza técnica também se aplica à revisão de textos literários. Uma vez adquirido o método, resta um ponto crucial que merece uma consideração cuidadosa: a escolha dos textos de trabalho. De fato, o único material disponível para o professor formar futuros revisores profissionais e, portanto, futuros formadores de revisores é o texto de trabalho. Portanto, parece útil fazer com que os futuros treinadores reflitam sobre o que é um bom texto de trabalho e quais são suas características.

Revisar dissertação e tese não é para amadores

A formatação profissional agrega qualidade.
Em primeiro lugar, precisamos estar cientes de que não há um bom texto de trabalhar em absoluto. Na verdade, um texto é bom se for adaptado ao nível de aprendizagem dos alunos. Na verdade, qualquer texto de trabalho deve fazer parte de uma progressão. Assim, um texto pode ser julgado “bom” se for proposto após um texto e antes de outro, ou para o início do treinamento, em vez de no final do curso, ou como um estudo coletivo. Da mesma forma que dois grandes tempos foram distinguidos na formação de revisores profissionais – abordagem metodológica e formação de revisão e, da mesma forma, duas categorias de requisitos para a escolha dos textos devem ser separadas. Para o desenvolvimento metodológico, é importante levar os revisores aprendizes a enfrentar dificuldades de diferentes tipos: linguístico, cultural, intertextual, temático, gêneros, entre outros.
Os textos são escolhidos de acordo com a atividade educativa à qual podem dar origem. Para o treinamento de revisão, é útil colocar o aprendiz em uma situação que seja o mais perto possível da vida profissional. Para isso, a simulação das condições de prática deve o mais fiel possível – antes de se passar ao uso de ordens de serviço de tarefas reais. Os textos selecionados deverão uma amostra diversificada de textos que podem ser revisados na vida profissional. Para cobrir a maior gama possível de gêneros e finalidades, a amostragem pode incluir: textos prescritivos, texto promocionais, textos legais, como regulamentos, textos procedimentais, textos acadêmicos e mais um sem-número de variedades. Também deve ser estudados os procedimentos de revisão de textos ficcionais, estéticos, poéticos… Além disso, a fim de se aproximar o mais possível das realidades da profissão, o revisor sênior se certificará de utilizar apenas textos autênticos e integrais e especificar sua origem (data, autor, procedência, circunstâncias da emissão do texto a ser traduzido…) bem como destino de revisão (meio de transmissão, uso futuro, função…). Mesmo na situação de treinamento, essas indicações fictícias devem constituir os prolegômenos da formação, passando-se, tão cedo quanto possível a tarefas reais, mas eles permitem que o aprendiz revisor para se acostumar a tomar posições em situação autêntica de comunicação e mercado. Somente a situação autêntica refletirá as pressões do mundo editorial. É claro, as condições de prática da profissão não são aquelas que prevalecem em uma sala de aula tradicional ou nos ambientes de ensino a distância.

Postagens mais visitadas deste blog

Revisão de textos e tecnologia: de ontem para hoje

Tecnologia e revisão: ontem e hoje.“Uma máquina pode fazer o trabalho de 50 homens comuns. Não há máquina que possa fazer o trabalho de um homem extraordinário.” (Ebert Hubbard, escritor americano, 1856- 1915).— Os robôs chegaram! Os robôs chegaram! Pelo menos é o que a mídia está dizendo. Em muitos empregos, como na lavoura ou nas linhas de montagem, os robôs estão começando a ultrapassar os seres humanos e em breve tomarão seu lugar. Mas os revisores também estão na mira dos robôs (ou dos programas de correção ortossintática). Será que isso significa que nós revisores vamos perder o nosso sustento em poucos anos? Muitos jornais diários eliminaram a presença de revisores na redação, é verdade, mas muito jornais também já deixaram de ser impressos, outros deixaram de existir: não faz mais muito sentido imprimir notícias que ficam velhas antes de a tinta secar! Nosso ofício de revisar está em risco? Não temos tanta certeza…Share on Tumblr
A lenta evolução da revis…

Faça a revisão de sua tese ou dissertação conosco

Keimelion, revisores desde o século passado!Teremos grande prazer em prestar-lhe nossos serviços. Somos profissionais, estamos no mercado de revisão e formatação desde o século passado! Nosso serviço é completamente diferenciado, interativo e oferece um grau de qualidade e pontualidade que não tem concorrência! Revisão de texto acadêmico: todos os aspectos ortográficos, morfossintáticos e estilísticos; coerência macro e micro textual; adequação ao registro culto na linguagem acadêmica formal.Formatação normatizada: composição gráfica, editoração, diagramação segundo a norma indicada, criação de índices e sumários, legendas e tratamento de imagens, tratamento de imagens, gráficos, tabelas ou outros tipos de ilustrações.A formatação é feita segunda a norma indicada pelo cliente: ABNT, Vancouver, APA, e segundo as instruções da instituição a que se destina o texto. Ao cliente que contrata revisão e formatação, ao mesmo tempo, concedemos desconto de 50% sobre o valor da formatação. Para a …

Revisão e formatação de teses

Padrão Keimelion de revisão: o melhor.A Keimelion oferece serviços profissionais para revisão e revisão de teses e dissertaçõespara programas de pós-graduação em todas as áreas acadêmicas desde 1999.Para submeter sua tese de doutorado ou dissertação aos nossos serviços especializados de revisão e formatação, basicamente, assim que você tiver 90% ou mais de seu trabalho redigido, envie para nós que faremos um orçamento e apresentaremos detalhadamente nosso método de trabalho. O endereço de e-mail está aqui ao lado. A revisão de teses e a formatação na Keimelion são feitas por uma equipe composta de revisores e formatadores altamente qualificados com profundo conhecimento de linguística aplicada à revisão e vasta experiência. Todos têm prática com teses e gosto pelo trabalho atendo, cuidadoso e detalhista. Eles têm experiência universitária e científica em muitos campos do conhecimento. Nossos revisores especializados na revisão e correção de teses de doutorado já cooperaram no trabalho …

Revisão de teses – o que faz um bom revisor acadêmico?

Revisar teses e dissertações requer experiência.Selecionar o revisor, contratar e acompanhar o serviçoAo selecionar um serviço de revisão de tese ou dissertação, você compra o trabalho altamente individualizado de um revisor ou de uma equipe de revisores. Portanto, é importante saber que qualidades procurar nesse revisor, ou naquela equipe, porque garantir que você obtenha o profissional certo é a única maneira de ter certeza de que a revisão de sua tese seja feita segundo o padrão necessário. A primeira coisa a procurar – e isso é universalmente verdade para todos os revisores, independentemente do que eles estejam revisando – é a atenção imprescindível aos detalhes. Grande parte da tarefa do revisor é detectar erros muito pequenos, como hifens incorretos, ponto e vírgula representando dois pontos ou números notas de rodapé do lado errado de um ponto final. Perceber esses detalhes requer conhecimento linguístico, mentalidade crítica e treinamento profissional. Não apenas os detalhes, …

Função do revisor como controle de qualidade

Função do revisor de textos.A revisão é uma forma de controle de qualidade apresentada pelo revisor no processo e no produto. Share on Tumblr
Todos reconhecerão que o autor, independentemente de sua formação e do gênero textual produzido, não pode fornecer versões impecáveis de seus escritos em todos os momentos. A questão que surge, então, refere-se à qualidade buscada pelo autor ou pelo serviço de revisão. Pode-se questionar a utilidade do controle de qualidade em relação ao custo que ele representa. Um autor pode decidir não revisar seu escrito, assumindo o risco de apresentá-lo com qualidade inferior à pretendida. Uma série de argumentos poderiam apoiar tal decisão: documentos de baixa importância ou escopo limitado, orçamento incompatível com o custo exigido por um serviço de revisão de alta qualidade – então, é o autor que assume conscientemente o risco de apresentar o texto de qualidade inferior. A revisão está associada à melhoria de qualidade textual em …