Pular para o conteúdo principal

Revisão de textos: mediação linguística

Revisão de textos como mediação linguística. 

A questão entre fidelidade ou traição em relação ao trabalho revisor tem muitas nuances assemelhadas ao mesmo questionamento em relação à tradução. Se, durante séculos, o debate sobre a tradução foi em torno dessa dicotomia, sendo a fidelidade geralmente entendida como a tradução literal do texto original e a traição como qualquer tentativa de adaptar o texto a um novo leitor, às vezes muito diferente do destinatário do original, tais problemas subsistem quanto à revisão. É bem certo que os critérios nos quais tais julgamentos baseiam são, muitas vezes, vagos e muito subjetivos, mas isso não afasta nem resolve a questão, pelo contrário, apenas agudiza a querela. Esse conjunto de problemas passou a ser mais afeto à revisão, à medida em que ela deixou de ser uma prática corretiva para se aproximar de um processo de aferição de textualidade; quando o revisor deixou de ser o corretor tipográfico para ser mais um intercessor na produção textual e suas ações passaram a ser efetivas interferências no texto. Nesse bojo, toda a discussão entre o papel do intercessor e a fidelidade, entre a interferência e a traição.
Revise sempre tudo que escrever. Depois contrate um revisor.

O melhor revisor de texto trabalha em interação com o autor.

Share on Tumblr
  1. Os parâmetros de revisão profissional são os mesmos inicialmente ligados ao processo de leitura; envolvem uma multiplicidade de operações cognitivas.
  2. Na revisão, deve-se considerar o contexto de enunciação, adaptando o vocabulário e, de forma geral, a linguagem às habilidades interpretativas dos leitores ao tempo da leitura.
  3. A revisão tem sido objeto de muito pouco questionamento epistemológico por aqueles que exercem o ofício e quase nenhum por estranhos à atuação.
  4. A revisão de poesia (re)sugere pela tensão na qual a criação, tanto poética quanto do trabalho do revisor, é um dos polos.
  5. Durante séculos, o debate sobre a tradução foi em torno da fidelidade, entendida como a tradução literal do texto original e a traição como qualquer tentativa de adaptar o texto a um novo leitor, tais problemas subsistem quanto à revisão.
  6. Supondo que o texto seja considerado satisfatório, a maioria dos artigos não pode explicar a diversidade de seu contexto de escrita que a obra de revisão deveria elucidar.
  7. A revisão questiona os modelos de ciências da comunicação para reexaminar de forma ampla situações em que a linguagem está “em questão”, sob observação na interação e escrita por todos os sujeitos.
  8. A teoria da revisão apresenta reflexos sobre a linguagem e seus usos e sobre situações de mediação, pois pressupõe ponderação sobre os escritos, sobre a natureza e legitimidade de sua interação, assim como sobre a materialidade de suas trocas.
  9. Os fatores extralinguísticos que influenciam a revisão não se manifestam apenas na interpretação e comunicação de sentido, mas também no papel que o texto traduzido deve desempenhar no leitor.
  10. Metáforas de circulação, da passagem, acentuam a dimensão efêmera, quase mecânica da revisão – prática esquiva, sorrelfa, a ponto de nos permitir falarmos de uma “caixa preta”.
  11. Para descrever o processo de revisão na mente do revisor, passamos para metáforas topológicas de encruzilhadas que hoje estão muito presentes nos discursos sobre a pluralidade linguística.
  12. A revisão é o campo de batalha em que as questões linguísticas aparecem nas relações interpessoais, não apenas no problema das línguas dominantes e dominadas, mas também na definição da ciência e do discurso científico.

Postagens mais visitadas deste blog

Revisão de textos e tecnologia: de ontem para hoje

Tecnologia e revisão: ontem e hoje.“Uma máquina pode fazer o trabalho de 50 homens comuns. Não há máquina que possa fazer o trabalho de um homem extraordinário.” (Ebert Hubbard, escritor americano, 1856- 1915).— Os robôs chegaram! Os robôs chegaram! Pelo menos é o que a mídia está dizendo. Em muitos empregos, como na lavoura ou nas linhas de montagem, os robôs estão começando a ultrapassar os seres humanos e em breve tomarão seu lugar. Mas os revisores também estão na mira dos robôs (ou dos programas de correção ortossintática). Será que isso significa que nós revisores vamos perder o nosso sustento em poucos anos? Muitos jornais diários eliminaram a presença de revisores na redação, é verdade, mas muito jornais também já deixaram de ser impressos, outros deixaram de existir: não faz mais muito sentido imprimir notícias que ficam velhas antes de a tinta secar! Nosso ofício de revisar está em risco? Não temos tanta certeza…Share on Tumblr
A lenta evolução da revis…

Faça a revisão de sua tese ou dissertação conosco

Keimelion, revisores desde o século passado!Teremos grande prazer em prestar-lhe nossos serviços. Somos profissionais, estamos no mercado de revisão e formatação desde o século passado! Nosso serviço é completamente diferenciado, interativo e oferece um grau de qualidade e pontualidade que não tem concorrência! Revisão de texto acadêmico: todos os aspectos ortográficos, morfossintáticos e estilísticos; coerência macro e micro textual; adequação ao registro culto na linguagem acadêmica formal.Formatação normatizada: composição gráfica, editoração, diagramação segundo a norma indicada, criação de índices e sumários, legendas e tratamento de imagens, tratamento de imagens, gráficos, tabelas ou outros tipos de ilustrações.A formatação é feita segunda a norma indicada pelo cliente: ABNT, Vancouver, APA, e segundo as instruções da instituição a que se destina o texto. Ao cliente que contrata revisão e formatação, ao mesmo tempo, concedemos desconto de 50% sobre o valor da formatação. Para a …

Revisão e formatação de teses

Padrão Keimelion de revisão: o melhor.A Keimelion oferece serviços profissionais para revisão e revisão de teses e dissertaçõespara programas de pós-graduação em todas as áreas acadêmicas desde 1999.Para submeter sua tese de doutorado ou dissertação aos nossos serviços especializados de revisão e formatação, basicamente, assim que você tiver 90% ou mais de seu trabalho redigido, envie para nós que faremos um orçamento e apresentaremos detalhadamente nosso método de trabalho. O endereço de e-mail está aqui ao lado. A revisão de teses e a formatação na Keimelion são feitas por uma equipe composta de revisores e formatadores altamente qualificados com profundo conhecimento de linguística aplicada à revisão e vasta experiência. Todos têm prática com teses e gosto pelo trabalho atendo, cuidadoso e detalhista. Eles têm experiência universitária e científica em muitos campos do conhecimento. Nossos revisores especializados na revisão e correção de teses de doutorado já cooperaram no trabalho …

Revisão de teses – o que faz um bom revisor acadêmico?

Revisar teses e dissertações requer experiência.Selecionar o revisor, contratar e acompanhar o serviçoAo selecionar um serviço de revisão de tese ou dissertação, você compra o trabalho altamente individualizado de um revisor ou de uma equipe de revisores. Portanto, é importante saber que qualidades procurar nesse revisor, ou naquela equipe, porque garantir que você obtenha o profissional certo é a única maneira de ter certeza de que a revisão de sua tese seja feita segundo o padrão necessário. A primeira coisa a procurar – e isso é universalmente verdade para todos os revisores, independentemente do que eles estejam revisando – é a atenção imprescindível aos detalhes. Grande parte da tarefa do revisor é detectar erros muito pequenos, como hifens incorretos, ponto e vírgula representando dois pontos ou números notas de rodapé do lado errado de um ponto final. Perceber esses detalhes requer conhecimento linguístico, mentalidade crítica e treinamento profissional. Não apenas os detalhes, …

Função do revisor como controle de qualidade

Função do revisor de textos.A revisão é uma forma de controle de qualidade apresentada pelo revisor no processo e no produto. Share on Tumblr
Todos reconhecerão que o autor, independentemente de sua formação e do gênero textual produzido, não pode fornecer versões impecáveis de seus escritos em todos os momentos. A questão que surge, então, refere-se à qualidade buscada pelo autor ou pelo serviço de revisão. Pode-se questionar a utilidade do controle de qualidade em relação ao custo que ele representa. Um autor pode decidir não revisar seu escrito, assumindo o risco de apresentá-lo com qualidade inferior à pretendida. Uma série de argumentos poderiam apoiar tal decisão: documentos de baixa importância ou escopo limitado, orçamento incompatível com o custo exigido por um serviço de revisão de alta qualidade – então, é o autor que assume conscientemente o risco de apresentar o texto de qualidade inferior. A revisão está associada à melhoria de qualidade textual em …