Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2021

A fórmula da escrita e da revisão do texto

A receita é escrever muito e revisar depois. Quão importante é a forma em um texto? E a coerência? Vários elementos concorrem para a consistência textual; não podemos fazer distinção qualitativa entre um e outro, não podemos ter preferências. Todo revisor de textos é um pouco maníaco ao ler, procura erro de digitação, observa cada detalhe do texto e vê desvios sutis da norma, imperceptíveis a olhos menos treinados, também, fica horrorizado se um romance contém um erro significativo, mesmo que não tire os méritos do resto da história. Muito revisor parou de ler blogs porque cansou de encontrar problemas de ortografia , blasfêmia do texto contra si mesmo. Se outro leitor perceber um erro de digitação, mas estiver feliz porque o post foi bom, continua lendo – o revisor para e não volta ao blog nunca mais. Escrever textos é uma prática, revisar textos é outra prática, são atividades complementares e não há como se excluírem. Aqui em nosso blog acontece isso! Publicamos muito e, como autore

Para escrever um texto melhor

O grande esforço de quem redige, principalmente no caso dos textos acadêmicos longos, teses, dissertações, artigos, é aperfeiçoar seu texto e aperfeiçoar sua escrita. Escrever um texto é atividade que exige muito da pessoa , o que é normal, posto que seja uma atividade alicerçada em vários conhecimentos bem diferentes da fala e que se empregam menos que ela. Tal aspecto, por si, explica parcialmente porque aprender a língua escrita pode parecer com aprender a falar uma língua estrangeira! Escrever textos longos requer atençãoe apoio de revisor competente. Você deve estar consciente do fato que sempre sobram erros linguísticos em seu trabalho escrito – sejam poucos ou muitos! Hoje se sabe que é quase impossível escrever sem cometer desvios das normas ou lapsos, pela simples razão de que é impossível dividir a atenção entre o conteúdo (expressão e gestão das ideias) e a forma (transcrição gráfica apropriada). O domínio da língua escrita advém, em boa parte, mais da capacidade de reescri